Após três meses do término, Eduardo Costa continua pagando aluguel, salário e carro de R$ 400 mil para ex

Sertanejo revelou que continua bancando a ex-noiva após término

Após três meses do término, Eduardo Costa continua pagando aluguel, salário e carro de R$ 400 mil para ex
Eduardo Costa e Victoria Villarim (Foto: Divulgação)

Em maio deste ano, o cantor Eduardo Costa surpreendeu os fãs ao comunicar o término do noivado com Victoria Villarim. O fim do relacionamento entre o sertanejo e a modelo causou espanto, visto que, o casal se mostrava apaixonado. Na época, Eduardo Costa postou um longo texto relembrando os momentos felizes que passou ao lado da ex-noiva. Além disso, o sertanejo deixou claro no texto que os dois continuariam amando, mas como amigos.

O texto de Eduardo Costa que comunicou o término de namoro com a modelo está fazendo todo sentido. Isso porque, o sertanejo concedeu uma entrevista para o colunista Léo Dias, do portal UOL, e reafirmou que tem uma boa relação com a ex-noiva. Eduardo Costa surpreendeu ao afirmar que banca a ex-noiva mesmo não tendo nenhuma obrigação para isso.

Assim, Eduardo Costa revelou que além de pagar o aluguel de Victoria, ainda dar um salário para ela. O sertanejo ainda revelou para Léo Dias que deu a ex-noiva um carro, Land Rover, que custa aproximadamente R$ 400 mil.

“A Victória morou comigo, foi minha mulher. Nada mais justo que depois do término eu dê um suporte para ela. Isso é normal. Ela foi minha companheira, passamos momentos bons e ruins. Eu pago o aluguel dela, que não é barato porque ela mora num bairro nobre em Belo Horizonte. Também dou um salário para ela, para auxiliar. E dei um carro, uma Land Rover Velar”

Após vir a público que o sertanejo continua bancando a ex-noiva mesmo com o fim do relacionamento, Eduardo Costa foi vítima de alguns boatos. Assim, o sertanejo tratou de desmentir que estaria torcendo para Victória Villarim arranjar um novo amor, assim, deixando de bancá-la.

“Não procede que eu torço para ela arrumar alguém para bancá-la. A Victória não é uma mulher que precisa ser bancada. Ela é para ser cuidada. Merece ter um cara legal ao seu lado e que cuide dela assim como eu cuidei”

Após isso, Eduardo Costa justificou o porquê a modelo não precisa que ninguém a banque. Assim, ressaltou as características positivas de Victoria Villarim. Além disso, não descartou uma possível reconciliação com a modelo. Mas, também afirmou que caso isso não aconteça, ele continuará sendo amigo de Victoria.

“Ela é equilibrada, é uma modelo de sucesso, estudante de arquitetura, ganha o dinheiro dela e terá um futuro brilhante. Veio de uma família humilde sim, mas tem uma vida agitada e se esforça muito. Nós terminamos gostando um do outro. Terminando nos amando. Ela seguiu sua vida e eu segui a minha. Se for a vontade de Deus a gente se reencontra de novo, se não seremos sempre amigos.”

Fonte: Leo Dias – Uol

Leonardo França

Leonardo França

Formado em Administração pela UFCG e especialista em Marketing Digital pela Unopar.