Mari Fernandez pede desculpas por falta de simpatia com fã: “Não sou aquilo”

Cantora sorriu em selfie com fã, só que parecia forçar semblante

Mari Fernandez pede desculpas por falta de simpatia com fã: "Não sou aquilo"
(Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora Mari Fernandez virou um fenômeno nacional com apenas 21 anos de idade. Mas parece que a cantora tem muito o que aprender quanto ao tratamento com os seus fãs. A prova disso é um vídeo que viralizou em uma rede social em que a cantora força um sorriso em uma selfie com um fã.

Em vídeo que viralizou no Twitter, Mari Fernandez sorri na selfie com o fã, só que ao tirar a foto fica com o semblante sério, novamente. O momento aconteceu pouco antes de um show no São João e gerou críticas para a cantora. Também por isso, Mari Fernandez gravou vídeos para pedir desculpas aos seus fãs.

Em seus stories no Instagram, Mari Fernandez afirma que não é aquilo que demonstra ser no vídeo, portanto, antipática com os fãs.

“Eu reconheço que eu errei muito na atitude, mas, ao mesmo tempo, eu não sou aquilo. Eu sou muito verdadeira, principalmente comigo. Eu sei que eu não sou aquilo e me dói porque eu tenho um carinho enorme por vocês que admiram o meu trabalho. Foi o momento em que eu não percebi que eu poderia ter sido um pouco mais atenciosa. Eu reconheço isso.”

A voz forte de Mari Fernandez chega a ser comparada com a cantora Marília Mendonça, infelizmente morta em acidente aéreo em novembro do ano passado. Algumas pessoas até arriscam que a cearense será a ‘nova Marília Mendonça’, no sentido de ser a principal cantora da música brasileira.

‘Piseiro não é modinha’

Com apenas 21 anos de idade, Mari Fernandez impressiona com os números, pois é a quinta artista mais ouvida no ‘Spotify Brasil’. A média de shows da cantora no São João evidenciou a sua boa fase já que ela fez mais de 30 shows.

A cearense conquistou o Brasil com o ritmo ‘Piseiro’, depois de viralizar nas redes sociais com as suas músicas. Em entrevista à Tangerina, Mari Fernandez disse que o ‘Piseiro’ veio para ficar, pois “não é modinha”.

“O piseiro é um derivado do forró, e o forró já tem anos de história. Ele vai seguir o mesmo caminho, o piseiro veio para ficar. Só ver o festival Viiixe [organizado por Xand Avião] que está rodando o Brasil com públicos de 20, 30 mil pessoas só com atrações do piseiro, todos nordestinos. O ritmo se consolidou, não é modinha.”

Leonardo França

Leonardo França

Formado em Administração pela UFCG e especialista em Marketing Digital pela Unopar.